Comparador de cursos universitários

Ainda não adicionou cursos ao comparador.
Utilize o motor de busca e compare cursos

Questões financeiras

Estudar na Espanha não é tão caro quanto em países como os Estados Unidos, o Reino Unido ou a Austrália, mas também não é barato. É um dos países europeus onde as taxas universitárias são mais caras e o governo não oferece muitas bolsas, portanto, você deve planejar com antecedência como vai pagar seus estudos e sua estadia no país.

Os estudantes estrangeiros costumam pedir dinheiro à família, contam com uma bolsa ou procuram um trabalho de meio período.

Bolsas

Diversas instituições mundiais oferecem auxílios para estudantes que desejam formar-se no exterior. Portanto, recomendamos que você sistematize sua busca de bolsas para não deixar escapar nenhuma oportunidade.

Você pode começar procurando auxílios que o governo do seu país ofereça aos jovens que decidem complementar seus estudos no exterior. Alguns países dispõem deste tipo bolsa, o que é uma excelente oportunidade de financiar sua formação.

O Governo da Espanha, através da Fundação Carolina, uma instituição público-privada, oferecebolsas para jovens latino-americanos que queiram fazer uma pós-graduação em uma universidade espanhola. A convocatória destas bolsas é feita anualmente e qualquer graduado de um país pertencente à Comunidade Ibero-Americana de Nações pode solicitá-las, mas não é fácil obter uma delas porque a concorrência é muito alta.

Mesmo que não seja muito frequente, algumas universidades da Espanha também oferecem auxílios a seus alunos estrangeiros. Não corra o risco de perder esta oportunidade: confira se a sua é uma delas. Você só precisa entrar em contato com o Departamento de Relações Internacionaispara saber as diferentes oportunidades que eles oferecem. 

Para finalizar, há ainda uma infinidade de instituições e organizações internacionais que oferecem auxílio aos estudos. São tantas que é quase impossível comentá-las uma a uma, mas em nossoportal de bolsas há uma coletânea com inúmeras oportunidades que você poderá filtrar para descobrir as que se adaptam ao seu perfil.

Trabalho

De acordo com a legislação comunitária, estudantes provenientes de outro país da União Europeia podem trabalhar na Espanha todas as horas que queiram sem a necessidade de solicitar uma autorização de trabalho. Devem apenas possuir um NIE (número de identificação de estrangeiros) que pode ser obtido facilmente na Direção Geral de Polícia por meio da apresentação do passaporte.

Para estudantes de fora da União Europeia é um pouco mais difícil. A lei só permite que eles trabalhem meio período e para poder fazer isto o empregador deve solicitar uma autorização de trabalho no Departamento de Imigração. Além disso, a atividade deve ser compatível com os estudos e a duração do contrato não pode ultrapassar a do visto.

Além dos trâmites burocráticos, a verdade é que para um estudante estrangeiro é complicado encontrar um trabalho na Espanha. A maior parte dos empregadores prefere contratar um nativo que domine o idioma, e devido à alta taxa de desemprego há sempre inúmeros candidatos para ocupar as vagas disponíveis. Os setores onde você vai encontrar trabalho mais facilmente são o da gastronomia e do comércio.

Você pode começar sua procura de emprego consultando sites como:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.